IMG_3793

4 de março de 2016

Apoio da Câmara Federal nas pesquisas da Fosfoetanolamina

Nesta quinta-feira, dia 3, o ministro da Ciência, Tecnologia e Inovação, Celso Pansera, recebeu deputados federais para tratar do andamento das pesquisas da Fosfoetanolamina. Os parlamentares integram o Grupo de Trabalho sobre a Fosfoetanolamina Sintética e buscam um estreitamento no diálogo com a pasta para ter acesso às informações das pesquisas.

No encontro, Pansera atualizou os presentes sobre o andamento dos estudos, que atualmente estão a cargo do Centro de Inovação e Ensaios Pré-Clínicos (CienP), de Florianópolis (SC), e do Núcleo de Pesquisa e Desenvolvimento de Medicamentos da Universidade Federal do Ceará (NPDM/UFC), de Fortaleza (CE). A expectativa é que, na última semana de março, seja apresentado um novo balanço dos pesquisadores ao titular do MCTI.

A estreita relação com o Congresso, para o ministro Pansera, é importante e respalda o MCTI nesse processo.

– Estamos dialogando muito com a Câmara. Este é um trabalho que exige muito respeito e serenidade para avaliar tudo. Como gestores responsáveis pelo futuro, não podemos passar por cima do que a comunidade médica e a comunidade científica estabeleceram como os procedimentos mais modernos e seguros – ressaltou.

Segundo o líder do grupo, deputado Arlindo Chinaglia (PT-SP), o acesso direto às informações pode ajudar “na articulação do colegiado com outros órgãos” e, também, no aprimoramento do Projeto de Lei (PL) nº 4.510/2016, que autoriza o uso compassivo da substância por pacientes com câncer. A proposta é de autoria do deputado Jair Bolsonaro (PP-RJ).

Também participaram do encontro os deputados Dulce Miranda (PMDB-TO), Dr. João (PR-RJ), Leandre Dal Ponte (PV-PR), Miguel Lombardi (PR-SP), Adelmo Carneiro Leão (PT-MG), Conceição Sampaio (PP-AM) e Carmem Zanotto (PPS-SC).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *