23.02 Pansera visita o INTI

23 de fevereiro de 2016

Argentina pode contribuir nas pesquisas sobre o zika vírus, afirma Pansera

Em entrevista coletiva realizada nesta terça-feira (23), em Buenos Aires, o ministro da Ciência, Tecnologia e Inovação, Celso Pansera, afirmou que pesquisadores argentinos devem participar dos editais que serão lançados pelo governo brasileiro por meio do CNPq e da Capes para pesquisar o zika vírus.

– Não existem estudos consolidados sobre o zika vírus. Então, todos os editais que caminhem no sentido da pesquisa são importantes. Nesse sentido, a Argentina, que tem muitos avanços na área de biotecnologia, pode contribuir. O objetivo final é estudar o vírus e, se possível, chegar a uma vacina.

Sobre a vacina contra a dengue em desenvolvimento no Instituto Butantã, Pansera explicou que pode ser o início do caminho para criação de uma vacina contra o zika.

– Existe uma possibilidade de que a vacina tetravalente vire pentavalente. É uma possibilidade. Primeiro, queremos entender o vírus. Para isso, vamos financiar essas pesquisas. E é importante que a comunidade científica argentina participe dessas pesquisas.

Pansera, que viajou à Argentina para assinar acordos nas áreas de CT&I, ainda defendeu a formação de uma rede de pesquisadores brasileiros e argentinos para participar do edital de 10 milhões de euros lançado pela União Europeia para pesquisas sobre o zika vírus.