images (7)

22 de março de 2017

Deputados destinam mais de R$ 21 milhões por mês para a Saúde do Estado do Rio de Janeiro

A bancada de deputados lutou, a Saúde ganhou! Boa notícia para o Estado do Rio de Janeiro, que, até o fim deste ano, contará com R$ 21.750.000 por mês para a compra de insumos às Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) e hospitais. Ao todo, 27 cidades serão beneficiadas com a aplicação dos recursos de emendas federais da bancada de deputados.

O deputado federal Celso Pansera sempre defendeu junto à bancada que a verba não deveria ser utilizada para a construção de novas unidades e, sim, para abastecer as já existentes com itens básicos para o funcionamento, que, na maioria das vezes, faltam.

A medida foi aprovada e, na última terça-feira, dia 21, saiu a programação do desembolso dos recursos. O montante vem em boa hora, já que, diante da crise econômica, o Governo do Estado do Rio de Janeiro deixou de repassar verbas às prefeituras, levando estas a deixarem de assistir às unidades de Saúde.

Na Baixada Fluminense, R$ 6.600.000 serão distribuídos mensalmente entre as seguintes unidades: UPA do Hospital Municipal Dr. Moacyr do Carmo e Hospital Estadual Adão Pereira Nunes, em Duque de Caxias; UPA Municipal e Hospital Estadual da Mulher, localizados em São João de Meriti; UPA Municipal e Maternidade Municipal Mariana Bulhões, ambos em Nova Iguaçu; Hospital Estadual da Mãe, em Mesquita; e, ainda, as UPAs Municipais de Nilópolis, Belford Roxo e Itaguaí.

“Sendo morador da Baixada, conheço bem a realidade da Saúde, que é também a realidade de tantas outras regiões. Às vezes, falta atadura, remédio, esparadrapo, ou seja, o básico para um primeiro atendimento. Temos a possibilidade de melhorar o funcionamento das unidades que já existem, e isso é fundamental”, ressaltou Pansera.

Na cidade do Rio de Janeiro, a verba de R$ 2.650.000 mensal será destinada ao Hospital Universitário Pedro Ernesto, Hemorio e Hospital do Instituto Estadual de Cardiologia Aloysio de Castro (Iecac).

Já na região do Médio Paraíba, além das UPAs Municipais de Volta Redonda, Resende e Barra Mansa, o Hospital Regional do Médio Paraíba também será contemplado. Ao todo, R$ 2.700.000 por mês.

Para a Baixada Litorânea, a programação é de R$ 2.600.000 por mês serem destinados às UPAs Municipais Cabo Frio e Araruama e aos Hospitais Estaduais dos Lagos e Roberto Chabo.

A bancada direciona R$ 1.600.000 por mês aos cuidados das UPAs Municipais Petrópolis I, Petrópolis II, Teresópolis e Nova Friburgo.

À Baía da Ilha Grande, R$ 400.000 ppr mês para a UPA Municipal Angra. O Centro Sul ficará com R$ 1.300.000 mensais para a UPA Municipal Três Rios e Hospital Estadual Dona Lindu.

As regiões Noroeste e Norte ganharão R$ 400.000 cada, mensalmente, para as UPAs Municipais Itaperuna e Macaé, respectivamente.

E, por fim, a cada mês, só a região Metropolitana II contará com R$ 3.100.000. A verba será distribuída entre as UPAs Municipais Rio Bonito e Maricá e, ainda, os Hospitais Estaduais Alberto Torres, João Baptista Caffaro e Azevedo Lima.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *