satelite

18 de março de 2016

Finep libera recursos para o desenvolvimento de equipamentos para o SGDC

Vinculado ao Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI), a Financiadora de Estudos e Projetos (Finep) aprovou recursos da ordem de R$ 4 milhões para a empresa Cenic desenvolver dois painéis estruturais para suportar as baterias do Satélite Geoestacionário de Defesa e Comunicações Estratégicas (SGDC) no ar.

Os recursos foram disponibilizados pelo módulo de subvenção econômica, por meio de um edital realizado pela Finep e a Agência Espacial Brasileira (AEB/MCTI). A chamada pública previa a aplicação de R$ 53 milhões em recursos não reembolsáveis para diferentes empresas brasileiras desenvolverem partes do SGDC com tecnologia nacional.

Satélite geoestacionário

O projeto SGDC teve início em 2013 e envolve os ministérios das Comunicações, da Ciência e da Defesa, além da Finep. O satélite brasileiro está em construção em Cannes, na França. O equipamento vai garantir conexão com a internet mesmo nos municípios mais distantes do país, ampliando o acesso Banda Larga, e dará mais segurança às comunicações estratégicas do governo federal, reforçando a rede terrestre de autarquia, atualmente com 28 mil km de extensão e presente em todas as regiões brasileiras.

O satélite será lançado ao espaço no segundo semestre deste ano. Porém, em fase de testes. A expectativa é que a sua operação definitiva tenha início em 2017. O SGDC ficará posicionado a uma distância de mais de 35 mil quilômetros da superfície da Terra.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *