ISERJ

24 de abril de 2015

Iserj completa 135 anos e convida deputado Celso Pansera a compôr Conselho de Beneméritos

 

Completando 135 anos de referência nacional em Educação, o Instituto Superior de

Educação do Rio de Janeiro (Iserj) fez uma bonita comemoração, no dia 8 de abril,

dando posse a novos membros do Conselho de Beneméritos. O deputado federal Celso

Pansera integra o grupo, mas, em função de compromissos na Câmara de Deputados,

não compareceu à solenidade.

Iniciada com um discurso da diretora do Iserj, professora Sandra Santos, a cerimônia

respeitou as tradições, com direito à apresentação do Pelotão das Bandeiras, execução

dos hinos do Brasil e do Iserj e, ainda, uma homenagem das crianças à instituição. À

ocasião, a diretora Sandra Santos leu a mensagem enviada pelo deputado Celso

Pansera, na qual foram ressaltados os avanços obtidos durante o período em que o

parlamentar foi presidente da Faetec:

– Talvez o maior desafio, logo no início da nossa gestão, foi pôr um ponto final à

questão dos cerca de 600 servidores cedidos pela Secretaria de Estado de Educação

que, finalmente, após uma luta de mais de 13 anos, foram incorporados aos quadros

da Faetec. Acabamos, em 2010, com um jejum de dez anos sem concurso público na

Rede. A seleção realizada nos permitiu a convocação de mais de 1.600 aprovados, à

época um importante respiro nos quadros – dizia a mensagem enviada pelo

parlamentar.

Ainda na carta, Pansera considerou como a maior de todas as conquistas, a aprovação

do novo Plano de Cargos e Salários da Faetec, lamentando que a implementação não

tenha se dado em sua totalidade, assim como o congelamento das progressões por

mérito e também a não adequação dos valores pagos aos diretores das unidades. O

deputado garante que as questões ainda serão retomadas durante o seu mandato.

– A nossa passagem pela Faetec também foi marcada por deixar ao Iserj o início de um

novo capítulo, após anunciarmos o projeto da construção de um prédio inteligente e a

restauração do edifício atual. Ambas ações que mantenho meu compromisso, lutando

para que saiam do papel e tornem-se realidade – dizia em outro trecho da mensagem.

O Iserj tem por objetivo a formação profissional de docente, visando garantir um

ensino de qualidade no país. É um Instituto Superior de Educação que oferece curso de

Pedagogia, Formação Pedagógica e Pós-Graduação Lato Sensu; possui um Colégio de

Aplicação (CAP) com Educação Infantil, Ensino Fundamental e Ensino Médio integrado,

subsequente e concomitante. Uma das novidades do último ano foi a inclusão da Pós-

Graduação Lato sensu em Educação Museal. O curso é o único neste nível de ensino no

país.

Situado à rua Mariz e Barros, no bairro da Tijuca, no Rio de Janeiro, é um centro de

memória e referência da Educação no Brasil. Foi fundado em 1880 e passou a integrar

a Faetec há 18 anos, quando, à época, era conhecido como Instituto de Educação. A

comunidade escolar é composta por mais de 4 mil alunos, da Creche ao Ensino

Superior. Uma das marcas da instituição é o prédio de estilo neocolonial, tombado

pelo Instituto Estadual do Patrimônio Cultural (Inepac), em 1965, e pela Subsecretaria

de Patrimônio Cultural em 2000.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *