CBE38051-BA96-4A9B-949C-9EAC8A7D39A1

8 de março de 2018

Lançada Frente Parlamentar Mista em Defesa da Casa da Moeda do Brasil

Lançada oficialmente nesta quarta-feira, dia 7, a Frente Parlamentar Mista em Defesa da Casa da Moeda do Brasil tem objetivos bem definidos: impedir a privatização é um dos principais. Presidente do colegiado, o deputado federal Celso Pansera recebeu os colegas parlamentares e diversos funcionários da estatal, que tem sede no Rio de Janeiro.

Em entrevista à Agência de Notícias da Câmara, Pansera explicou que o ministro-chefe da Secretaria-Geral da Presidência, Moreira Franco, emitiu uma nota aconselhando a privatização da Casa da Moeda. Com isso, os parlamentares se mobilizaram para impedir essa ação.

“Se a gente não estabelecer um debate, não mostrar que há resistência da população contra a venda da Casa da Moeda, o governo encaminhará a medida com certeza. É importante que patrimônios estratégicos para um projeto de Nação permaneçam sob o controle da União”, ressaltou Pansera.

Com o apoio de 222 parlamentares, sendo 208 deputados e 14 senadores, a Frente foi lançada no Plenário 2 da Câmara dos Deputados. À ocasião, o presidente do Sindicato dos Trabalhadores da Casa da Moeda, Aluízio Junior, informou que, desde 2008, foram investidos mais de R$ 1 bilhão para ampliar a capacidade produtiva da estatal. A previsão era que a produção aumentasse em 15% ao ano.

Mas, segundo o sindicalista, desde 2016 o governo mudou o planejamento em relação à Casa da Moeda, e a empresa passou a ser gerida sem visar mais ao lucro. “O papel dela passou a ser garantir a nossa soberania monetária, que o cidadão brasileiro circule pelo mundo com um passaporte confiável e de qualidade; produzir formas do governo ter o controle da arrecadação. A Casa da Moeda se especializou em fazer isso”, ressaltou Junior.

Criada com base no requerimento de nº 7.957/2017, a Frente objetiva estimular a participação da sociedade no debate sobre uma possível privatização bem como os impactos que a ação traria à Soberania Nacional. Os deputados Deley, Glauber Braga, Luiz Sérgio e Wilson Bezerra também compõem a mesa diretora do movimento.

No Estatuto está pautada a modernização dos processos de gestão técnica-operacional e administrativa da Casa da Moeda, melhorando suas práticas de Gestão e Governança Corporativa. Além disso, o regimento prevê também o aperfeiçoamento da legislação e da regulação setorial, por meio do Congresso Nacional.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *