05.04 Ministro Pansera recebe ministro Patrus Ananias

6 de abril de 2016

Ministros discutem a continuidade dos Núcleos de Extensão em Desenvolvimento Territorial

Os ministros da Ciência, Tecnologia e Inovação, Celso Pansera, e do Desenvolvimento Agrário, Patrus Ananias, discutiram, na última terça-feira, dia 5, a continuidade do programa de Núcleos de Extensão em Desenvolvimento Territorial (Nedets), que mantém 858 professores em 186 territórios rurais em todos os estados do país, por meio de bolsas do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq/MCTI).

– Nós temos uma parceria com o MCTI, que converge conosco na liberação de professores, que ajudam a trabalhar os territórios da cidadania como espaços de encontro das políticas públicas. Além das ações específicas de agricultura familiar, nós do MDA buscamos promover também atividades de educação, saúde, cultura, desenvolvimento científico e tecnológico, infraestrutura e moradia. Então, esses professores liberados pelo CNPq desempenham um trabalho pedagógico educativo das comunidades, nesse sentido do desenvolvimento territorial integrado – ressaltou.

Segundo o secretário de Desenvolvimento Territorial do MDA, Humberto Oliveira, o programa possui 98 projetos em andamento e envolve 54 universidades ou institutos federais.

– Temos hoje 186 territórios atendidos, de um total de 241 existentes. Isso compreende uma equipe de 858 professores bolsistas, que trabalham com os colegiados territoriais, compostos pelo poder público e pela sociedade civil. São iniciativas interessantes, que combinam assessoria aos colegiados com pesquisa e extensão universitária – disse.

Durante o encontro, que também contou com a participação do presidente do CNPq, Hernan Chaimovich, foi discutido um planejamento para dar continuidade ao programa. Lançado em 2014, o primeiro edital somou R$ 70 milhões em recursos do MDA e da Secretaria de Política para as Mulheres (SPM) para implementação do Nedets durante 24 meses.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *