20160813_101125

13 de agosto de 2016

Museu Vivo do São Bento debate patrimônio histórico de Duque de Caxias e lança nova marca

O Museu Vivo do São Bento deu início, neste sábado, dia 13, a um ciclo de debates sobre políticas públicas referentes ao patrimônio cultural e histórico de Duque de Caxias. Parceiro e apoiador do projeto, o deputado federal Celso Pansera compareceu ao evento, marcado também pela apresentação da nova identidade visual do Museu.

Na abertura do seminário “Patrimônio: Sentidos e Conflitos na Cidade de Duque de Caxias”, Pansera sustentou, em sua fala, a importância da valorização da história de uma cidade.

– Vivemos numa cidade que precisa resgatar e preservar melhor seus valores históricos e culturais. O Museu necessita além de investimentos, mas também do apoio do poder público, principalmente do Iphan (Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional) – ressaltou o deputado.

Num outro momento, foi lançada a nova identidade visual, em comemoração aos dez anos de existência do Centro de Referência Patrimonial e Histórico do Município de Duque de Caxias (CRPH) e do Museu Vivo do São Bento.

A ideia, segundo o diretor Antônio Augusto Braz, remete à proposta do Museu.

– A nova identidade visual, conferida pelo artista Leear Martiniano, é fruto de um debate de seis meses. A formação das pegadas tem a ver com a proposta do Museu, de caminhar pela história do bairro – finalizou o diretor.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *