whatsapp-image-2017-01-06-at-20-05-46

6 de janeiro de 2017

Servidores da Faetec aguardam notícias sobre pagamento

Tenho recebido muitas mensagens de servidores da Faetec que querem saber informações sobre o pagamento do salário de novembro. Desde a última  segunda-feira, dia 2, que não tenho um posicionamento do governador Pezão. Vale lembrar que o Supremo Tribunal Federal (STF) garantiu o não arresto de valores do Estado do Rio de Janeiro, portanto este argumento para não pagar os servidores não vale mais.

Se na quarta, dia 4, foi depositada uma parcela de R$ 316 e, hoje, outra de R$ 1.000, é sinal de que se os R$ 12 milhões do Fundeb realmente estavam reservados,  o montante daria para quitar os salários. Numa conta rápida, multiplicamos os 6.500 servidores por R$ 1.316 (valor depositado até então), o que resulta em R$ 8.554.000. Se o que faltava para quitar o débito com os servidores eram R$ 9 milhões, então, de fato, o dinheiro não foi reservado para a Faetec. A garantia de que o valor havia sido reservado gerou uma expectativa grande e, até agora, não se sabe nem onde foi gasto.

Com a proposta de reestruturação interna da Faetec e a portaria publicada pela Secretaria de Educação (Seeduc), que exige o retorno imediato de todos os cedidos, começo a considerar a hipótese de que a movimentação é para acabar de vez com a Faetec. Como ex-presidente da Rede e, sobretudo, como alguém que reconhece o valor da instituição ao Estado do Rio, jamais posso concordar com uma ação dessa natureza. A Faetec precisa ser mantida de pé, principalmente em função do importante papel desempenhado no âmbito da Educação Profissional.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *